quarta-feira, março 09, 2005

Administração do Amadora-Sintra garante que as consultas foram remarcadas e realizadas

O Hospital Amadora-Sintra contestou hoje a decisão das autoridades de saúde de o multar em 15 mil euros por falha nas consultas de infecciologia, afirmando que estas foram todas remarcadas e realizadas.

O porta-voz da administração do hospital, o único do Serviço Nacional de Saúde gerido por um grupo privado, a José de Mello Saúde, frisou à Agência Lusa que "não houve qualquer quebra de produção" na unidade e que todas as consultas afectadas pela falta de médicos que o serviço de infecciologia viveu no início de Fevereiro foram remarcadas para os dias seguintes.

A Administração Regional de Saúde de Lisboa e Vale do Tejo revelou hoje que vai penalizar o Hospital Amadora-Sintra, em 15 mil euros, por falha nas consultas no serviço de infecciologia no início de Fevereiro, no qual são seguidos cerca de 500 doentes.
(...)

Comments:
Só um comentário 15 mil eur de multa ? por falta de assistencia a 500 doentes bem bem ,do ponto de vista da administração do amadora sintra até que nem foi mau negócio tendo em conta que cada doente hiv representa um encargo mensal se bem medicado e com as analises devidas em mais (muito mais ) de 300 mensais é só fazer as contas ouxalá a moda não pegue pois pelos vistos sai mais baratos aos 'Senhores' dos hospitais pagar multas do que atender doentes.
Já agora uma situação bem mais grave o INFARMED vai mandar retirar a compartecipação em determinados medicamentos utilisados em doentes cronicos tanto no medicamento de marca como no genérico aquele de que tenho conhecimento por circular interne mandada as farmacias é o Trental utilisado em doentes com problemas de circulação normalmente utilizados em doenças cronicas como as vasculites que são cada vez mais comuns entre os doentes com VHC principalmente que com esta retirada vai sofrer um aumento de mais de 100% passando dos 12 eur para 26 eur,só para lembrar que não existe alternativa trapeutica e que quem deixar de tomar pode morrer com embolias ou pior vir a sofrer de necroses nas estremidades ;sinceramente porque não nos mandão por decreto executar a todos ,afinal uma bala fica mais barato e poupa sufrimento ao doente .
Já agora vai fazer 4 meses que preciso de um medicamento com urgencia desde á 4 meses mas ainda nem o consegui ver .
EU QUERO VOLTAR PARA A ILHA
Nuno Fernandes
 
Enviar um comentário

<< Home

This page is powered by Blogger. Isn't yours?

Enter your email address below to subscribe to Blog do GAT!


powered by Bloglet